Baterias Moura investe em novas fábricas

Baterias Moura investe em novas fábricas

Recentemente, o grupo Baterias Moura deu um passo bem importante para seguir como referência no mercado. Isso porque se deu o começo de operação da primeira etapa de sua nova sede. A nova estrutura se localiza na cidade de Belo Jardim, no estado de Pernambuco.

O projeto fortalece a região, que se situa no semiárido nordestino, como um dos principais polos de produção de bateria. E esse status não se limita ao território nacional, bem como toda a América do Sul.

Até o fim deste ano, a companhia deve gerar até 200 empregos e possui o objetivo de produzir até um milhão de baterias. Esse local se junta a outras seis industrias do grupo de baterias Moura que já existem.

Hoje em dia, a companhia possui cerca de seis mil funcionários. Os colaboradores atuam nas fases de criação, produção e implementação. Além disso, a nova sede possui pico de operação e possibilidade até para dobrar a capacidade de produção do grupo por ano.

Na atualidade, o Grupo Moura tem dez milhões de geradores de energia, entre baterias tracionarias, estacionais e automotivas. Essa nova indústria se diferencia pelo conceito de auto sustentabilidade, desenho logístico de alto nível, linhas automatizadas e versatilidade na linha de produção.

Objetivo da nova indústria do grupo de baterias Moura

Vale salientar que o objetivo primordial da nova sede é a produção de baterias com alta capacidade. Isso porque o intuito é produzir para atender veículos de grande porte, como caminhonetes, caminhões e picapes. Por isso, há o mix de diversidade a fim de dar conta do mercado brasileiro e continental.

É importante frisar que cerca de 15% de tudo o que é produzido pelo grupo já é destinado para exportação nos dias de hoje. Portanto, a abertura de uma nova sede serve para ampliar essa estatística a curto e médio prazo.

Liderança

Outro ponto é que essa unidade já coloca o grupo de baterias Moura como uma das lideranças continentais e com alcance global. A iniciativa de vanguarda teve apoio fundamental de institutos de tecnologia com foco em pesquisa de sistema de acumulação de energia.

E não para por ai! O começo das atividades nesta estrutura inovadora coloca Belo Jardim em outro patamar. O município que se encontra há quase 200 km da capital Recife, passa a ser tratado como um hub produtivo.

Além disso, Belo Jardim se torna, por causa das Baterias Moura, o point de conhecimento no desenvolvimento de baterias. E, como citado anteriormente, essa valorização não se restringe aos domínios nacionais. Bem como se transporta para o segmento em toda a América do Sul.