Chá de hibisco: bebida pode ajudar a emagrecer e prevenir doenças

O hibisco, uma planta oriental, vem se tornando cada vez mais conhecido no Brasil por conta de suas propriedades nutricionais e funcionais. Entre os modos de consumo, o chá de hibisco é a maneira mais prática de aproveitar esses benefícios.

O chá de hibisco é feito a partir do cálice da planta, mas ela pode ser aproveitada por inteiro. As folhas do hibisco podem ser adicionadas em saladas, e o caule está muito presente na culinária do nordeste brasileiro.

“É uma planta composta principalmente por vitaminas, antioxidantes e fitos químicos, sem a presença significativa de carboidratos e gordura em sua composição”, explica a nutricionista Mônica Stockler .

Para ver mais sobre o hibisco em cápsulas, veja em https://www.lemaraisbistrot.com.br/cha-de-hibisco-beneficios/

Benefícios do chá de hibisco

O chá de hibisco é rico em cálcio e também contém boa quantidade de polissacarídeos, que podem ajudam a reduzir os níveis de glicose e frutose no sangue e auxiliar na prevenção da diabetes.

Outros benefícios do chá de hibisco são a melhora no funcionamento do intestino, redução da pressão arterial, diminuição dos níveis de lipídios totais, colesterol e triglicerídeos.

Entre as substâncias presentes no chá de hibisco estão:

  • Magnésio;
  • Niacina (Vitamina B3);
  • Riboflavina (Vitamina B2);
  • Vitamina C;
  • Ferro;
    Betacarotenos;
  • Ácidos (como o tartárico, succínico, málico, oxálico e cítrico);
  • Fibras alimentares;
  • Pectinas (mais de 3%).

A bebida também possui antioxidantes, como a flavanona, que ajudam o organismo a lutar contra os radicais livres, que causam danos às células do corpo e podem levar a doenças crônicas, como cardiovasculares e até mesmo o câncer.

Auxílio no emagrecimento

Para quem quer emagrecer, o chá de hibisco pode ajudar diminuindo a retenção de líquidos. A vitamina C age reduzindo a pressão na parede dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação.

Chá de hibisco associado ao exercício físico

Os efeitos do chá podem ser potencializados com a prática de exercícios. O ideal é consumi-lo antes do treino. Ele, no entanto, não deve substituir o consumo de água ao longo da atividade e ao fim dela.

Apesar dos benefícios do chá de hibisco, o consumo excessivo, especialmente por quem pratica esportes, pode acarretar em problemas. Por isso, é importante consultar-se com um nutricionista, que pode elaborar um plano alimentar equilibrado e recomendar a quantidade de consumo.

Contraindicações

Pessoas com problemas renais, mulheres com planos de engravidar, gestantes ou que estão no período de amamentação e pessoas com pressão alta que fazem tratamento por meio de medicamentos devem evitar a ingestão do chá.