Como calcular o Giro de estoque de sua empresa

Quem tem um negócio que tenha que lidar com estoque, sabe o quanto esse setor pode ser problemático. Na verdade, o estoque é a maior dor de cabeça da maioria das empresas. Ter o controle do mesmo, na verdade, é um bom passo para o sucesso, da mesma forma que uma má gestão do estoque pode colocar o sucesso da empresa em risco.

Não pensar no estoque e em como administrá-lo corretamente, sem dúvida, é meio caminho andado para entrar em uma grande confusão financeira. 

Acredite, a má gestão do estoque pode arruinar uma empresa, seja ela do tamanho que for – não ter o controle de quando uma mercadoria entrou ou saiu pode ser o início do fim de seu negócio. 

E se você está se identificando com esta situação, então, é hora de prestar mais atenção e aprender a administrar melhor seu estoque, não subestimando esse setor de vital importância em qualquer empresa.

Por exemplo, será que você sabe como calcular o giro de estoque da sua empresa? Então, saiba que administrar o fluxo de entrada e saída de produtos é fundamental para a saúde de seu negócio, e de seus lucros, claro.

Equilíbrio

O problema, muitas vezes, pode estar na falta de equilíbrio, entre as mercadorias acumuladas com as que têm muita procura, e ambas as situações podem acarretar em prejuízo, já que na primeira o dinheiro investido não é revertido em vendas, enquanto, na segunda, o cliente acaba ficando frustrado com a indisponibilidade do produto desejado.

Giro do estoque

É exatamente nessa hora que se percebe a real importância de ter um bom giro de estoque, que significa a média de entrada e saída de um item em estoque, um indicador que releva a velocidade em que um determinado item permanece no estoque, antes da venda. 

Então, o cálculo desse giro é fundamental para entender o lucro exato, e pode ser feito a partir custos através do volume de vendas.

O giro de estoque, na verdade, é um dos principais instrumentos para medir e avaliar a gestão de inventário, e essa análise pode ser anual, dependendo da necessidade do negócio.

Giro de estoque
Giro de estoque

Como calcular giro de estoque

Então, você já deve ter percebido a importância de calcular giro de estoque, sem dúvida, a melhor forma de identificar se o inventário está precisando de mais investimentos. 

Ou seja, esse cálculo nada mais é do que a quantidade vendida em um determinado período em relação ao total de produtos no estoque.

Assim, primeiramente, se deve definir o período calculado, que pode variar, sendo anual ou se estiver lidando com produtos perecíveis, deve considerar intervalos menores. 

Depois, é só levantar dois dados: o total de produtos vendidos no período e o volume médio no inventário, seja em itens, seja em preços. A conta, em si, é simples: total de vendas dividido pelo volume médio armazenado.

 

Gestão otimizada para Giro de Estoque

A boa notícia é que se você tem um pequeno negócio, ou mesmo, não pode ou não quer perder tempo ou contratar alguém para administrar sua empresa, hoje já é possível contar com serviços online, ou seja, ferramentas de gestão, que podem ser de enorme ajuda na hora de buscar o equilíbrio na movimentação de mercadorias, de administrar seu giro de estoque.

Um desses serviços online é  Rtek, que permite que sua empresa evite ter custos adicionais, com contratações que podem ser supridas pela ferramenta, que oferece um gerenciamento inteligente e planejado.

Sua empresa, entre outras vantagens, terá acesso à uma planilha de controle de estoques, que vai lhe ajudar a calcular seu giro de estoque, registrando as entradas e saídas da sua empresa.

Enfim, poderá, de uma forma simples e segura, ter o controle total do inventário dos seus produtos, controlar as compras, emitir nota fiscal, cadastrar as mercadorias e etc. Tudo em um só lugar e sem complicação!