10 dicas para decorar ou reinventar sua loja

A imagem do nosso estabelecimento é hoje um dos pontos mais importantes a ter em consideração. Já podemos ter o melhor produto ao melhor preço ou o melhor e mais especializado serviço de atendimento ao cliente que, como a nossa loja não desperta interesse, o consumidor nunca irá conferir.

Portanto, uma reforma ou um lifting uma vez por ano é necessário para continuar causando a atração do transeunte e para acompanhar as tendências decorativas. Aqui estão algumas idéias e dicas que podem inspirar você na hora de decorar suas instalações.

Confira também – Vitrine de Vidro, compre a sua vitrine agora mesmo | Decore sua loja com os melhores moveis

 

1- A fachada da loja deve ser visível

Parece óbvio, mas muitas lojas têm lindas vitrines e lindos interiores, mas infelizmente passam despercebidas. Não esqueçamos que o tempo que passamos passando em frente a uma vitrine é mínimo (3 ou 5 segundos), dependendo do ritmo da caminhada e da duração da mesma, sendo assim em alguns casos um pôster que se destaca destacando o logotipo ou nome da loja é muito importante. Também podemos usar outras técnicas para chamar a atenção, como colocar alguns vasos de flores grandes, um tapete marcante, um letreiro luminoso de LED, flores decorativas, uma fragrância especial ou música em alto volume para atrair a atenção da rua.

2- Quer pintar as paredes e não consegue decidir a cor?

Escolha primeiro o tema, a história que pretende contar com a decoração das suas instalações e a partir daí escolha a cor. Tente evitar as cores bronzeadas, vermelhas e amarelas, pois são muito estimulantes e tornam o espaço anão. Se você usá-los, faça-os para cantos pequenos. Os tons de rosa, azul e verde claro são muito adequados para seus efeitos relaxantes.

Eles são perfeitos para lojas de roupas infantis ou para conseguir um ambiente romântico. Além disso, os roxos e violetas são relaxantes e também promovem a criatividade. Eu, pessoalmente, sou viciado em branco e recomendo 100%, principalmente para lojas de roupas onde as roupas já têm gamas de cores suficientes. Uma parede branca se presta a mais decoração e dá um efeito de limpeza e pureza.

3- Pode-se utilizar papel de parede

Pois além de ser um elemento decorativo, proporciona uma sensação de casa. Já comentamos sobre isso em um post há poucos dias em que escrevi sobre maneiras de realizar experiências sensoriais na loja . A utilização bem sucedida do papel de parede em consonância com o resto da decoração das instalações provoca no consumidor uma sensação de proximidade e ligação com a casa (exemplo: El Ganso). Esta sensação de proximidade ajuda a prolongar o tempo de permanência nas instalações, aumentando assim a possibilidade de compra.

4- Junte-se à moda da reciclagem e do mobiliário vintage

Com a reciclagem gastamos menos e damos um toque muito pessoal ao nosso espaço que nos ajudará a nos diferenciar de qualquer outro estabelecimento. Não precisamos nascer com as habilidades de um artista para personalizar móveis antigos. Basta ter um Leroy Merlin à mão e seguir uma série de instruções e o resultado pode ser fabuloso… e ficaremos muito orgulhosos de nós mesmos !!! por onde queres começar? !! … baús, caixas, cadeiras, paletes de madeira …

5- Use lâmpadas decorativas

Pois também realçam a sensação de casa e fornecem pontos de luz indireta que embelezam o ambiente. Olho!!! Não as usaremos como fonte de luz direta, pois o que realmente iluminará as roupas serão lâmpadas brancas bem direcionadas colocadas por um profissional. Lembre-se de que a luz direta sobre o produto que vendemos é de vital importância.

6- Os diferentes tipos de manequins que utilizamos falam muito sobre a nossa loja

A utilização de um ou outro modelo vai depender do tipo de produto que vendemos e, claro, do orçamento que temos. Se estamos focados na venda de roupas muito jovens, podemos pensar em quem nos dá um pouco de brincadeira na hora de vesti-las e criam uma imagem dinâmica, por isso optamos por manequins com cabeça.

Podemos colocar neles perucas ou chapéus peculiares e atraentes, lábios vermelhos, cílios, bigodes, etc. Se a loja não for voltada para um público tão jovem, podemos optar por bustos ou manequins decapitados que na minha opinião são mais estéticos, dão a sensação de uma loja exclusiva, são mais atemporais e também não precisam fazer bananeira para se vestir eles!

7- Os cabides são um dos detalhes mais importantes de uma loja 

Através do cabide as peças são apresentadas e este é capaz de valorizar ou não o modelo em questão. Um produto normal mas apresentado num bom cabide e numa loja com boa imagem pode ser posicionado como um produto de qualidade e até elitista. Você pode personalizar seus cabides pintando-os ou adicionando detalhes como laços ou detalhes de enfeites.

8- Use sinalização e design gráfico adequados, pois são muito importantes para a visibilidade. 

Eles também são muito úteis para criar ambientes diferentes dentro do mesmo espaço. Certifique-se de que o design, o formato e a impressão da sinalização externa e interna sejam profissionais. É muito desmotivador ver como uma loja com uma imagem impecável coloca cartazes promocionais a caneta e colados com fita adesiva porque não acharam que era um detalhe importante ou simplesmente porque não tiveram tempo.

9- Escolha vinis decorativos para a vitrine

Com eles você pode informar sobre promoções, novas campanhas, sua presença nas redes sociais ou simplesmente desta forma simples eles podem te ajudar a decorar a vitrine … O resultado é maravilhoso.

10- Pense em decorar a loja como se fosse sua casa

Por exemplo, você pode procurar pinturas para paredes, baús vintage, potes de vidro com jujubas, cestos de vime com flores … qualquer detalhe de bom gosto que possa criar cantos encantadores e aprimorar a experiência sensorial de compra.