Quais as doenças tratadas pelo endocrinologista?

Uma área da medicina que estuda e trata da secreção interna, oferecendo cuidado relacionado às alterações hormonais e glândulas secretoras, a endocrinologia, tem o propósito de proteger a estabilidade do organismo. Essas disfunções afetam pessoas de várias idades e ambos os sexos. Devem ter as orientações e acompanhamento realizado pelo endocrinologista

Doenças mais comuns para procurar um endocrinologista

Na corrente sanguínea o organismo libera os hormônios por meio das glândulas, regulando o funcionamento do corpo. Essa liberação disponibiliza funções como a do metabolismo, crescimento, reprodução e desenvolvimento. Sendo assim, o endocrinologista trata doenças, como:

  • Andropausa e menopausa – em mulheres, a menopausa pode causar sintomas físicos e psíquicos. Nos homens, a andropausa leva à redução dos níveis de testosterona. O endocrinologista fará a avalição para as possíveis orientações;
  • Colesterol alto – está associado ao risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. O profissional irá indicar o melhor tratamento;
  • Problemas de crescimento – crianças que apresentam estatura abaixo do esperado para a idade ou crescimento muito rápido podem ter como causa a variação hormonal;
  • Diabetes – caracterizada pelo alto índice de glicemia. A mais comum é a do tipo 2, ao qual está relacionado à obesidade e a resistência do hormônio insulina. Tratada com medicamentos orais ou injetáveis;
  • Disfunções na tireoide – se refere a perda da produção de hormônios ao qual gera cansaço excessivo, queda de cabelo, indisposição, entre outros;
  • Obesidade – é considerado um desequilíbrio entre o consumo e o gasto calórico. O endocrinologista avaliará cada paciente e irá prescrever os medicamentos ou cirurgia bariátrica, além de realizar o acompanhamento;
  • Osteoporose – há hormônios que controlam os níveis de cálcio. Essas alterações ósseas também são responsabilidade do endocrinologista

Função do endocrinologista

O corpo humano possui hormônios, e eles estão sempre em atividade. Qualquer manifestação que haja neles pode gerar ações que devem ser analisadas por um profissional. São indícios de que algo não está bem alguns sinais como: queda de cabelo, desregulagem na menstruação, oscilações de peso, redução da libido ou indisposição.

O endocrinologista diagnostica e cuida de doenças com alterações nos hormônios e metabolismo. Como há uma variação muito grande, suas atividades envolvem desde tratamento ósseo, como a osteoporose, até diabetes e obesidade, incluindo tumores relacionados a produção de muitos hormônios e doenças autoimunes ao qual afetam a formação.

Quando procurar um especialista?

Ao sentir algum sintoma ou alteração, é necessário realizar uma visita ao médico. Distúrbios hormonais geralmente podem levar a manifestações de muito cansaço, excesso de pelos em mulheres, alteração da glicemia ou colesterol, sede fora do normal, puberdade precoce ou retardada. 

Alterações hormonais também podem ser identificadas quando o paciente está em tratamento para outra condição de saúde. Neste caso, cabe ao médico responsável fazer um encaminhamento para o endocrinologista, garantindo que o indivíduo tenha atendimento especializado na área.

Ao se consultar com o especialista, é essencial que o paciente relate tudo o que está sentindo, tire todas as suas dúvidas e siga corretamente o tratamento.